Hand Talk: aplicativo agora traduz para a Língua Americana de Sinais

Hand Talk: aplicativo agora traduz para a Língua Americana de Sinais

A plataforma Hand Talk ganhou suporte para traduções do português para a Língua Americana de Sinais (ASL). Disponível por aplicativos de smartphones (iOS e Android) e plugins para sites na Web, o produto utiliza inteligência artificial para promover a acessibilidade de conteúdos digitais.

Ao ativar a plataforma, os usuários do Hand Talk são apresentados ao robô Hugo, que assume o papel de intérprete das línguas de sinais. A troca de idioma está disponível na tela inicial ao lado direito do campo de texto. Após selecionar a bandeirinha dos Estados Unidos, todo o conteúdo que pesquisar em inglês será traduzido para a Língua Americana de Sinais.

De acordo com nota da empresa, a iniciativa é um primeiro passo da internacionalização do aplicativo. Existem pelo menos 138 tipos de línguas de sinais praticadas ao redor do mundo. Isso ocorre porque, assim como os idiomas falados, as línguas de sinais também se desenvolvem organicamente, absorvendo particularidades da cultura e identidade das sociedades em que são empregadas.

Somente nos Estados Unidos, estima-se que a Língua Americana de Sinais está presente na comunicação de até 2 milhões de pessoas.

Desenvolvimento

Para desenvolver o novo recurso, o Hand Talk conta com um time de especialistas em ASL. Eles gravam e etiquetam vídeos dos sinais e sentenças. Esses materiais são utilizados para alimentar o sistema de inteligência artificial, que ajusta a capacidade de tradução e o vocabulário do robô Hugo.

A iniciativa recebeu apoio do Google, no valor de US$ 750 mil (R$ 3,8 milhões em conversão direta). O investimento foi parte do programa do Desafio Google de Impacto em IA 2019, que buscou potencializar o impacto de tecnologias de inteligência artificial no enfrentamento de grandes problemas sociais.

Próximo postRead more articles